Tratamento profilático

A palavra profilático ou profilaxia refere-se a um conjunto de precauções que tem como objetivo evitar uma doença. Um tratamento profilático é um tratamento preventivo. No caso da hemofilia, o tratamento profilático tem como objetivo prevenir a ocorrência de hemorragias.

Este tratamento consiste na administração de uma concentração de fator de coagulação através de uma veia (administração intravenosa).

Na hemofilia grave os sistemas articular e muscular são alvos de hemorragias frequentes. Os estudos demonstram que o tratamento profilático tem um papel importante na preservação destes sistemas.

A profilaxia é útil mesmo quando os níveis de fator de coagulação são mantidos acima de 1% do valor normal.

Slide

Estão definidos 4 níveis de profilaxia, dependendo do momento em que o tratamento é iniciado:

Profilaxia primária  Consiste na administração continua e regular de concentrado de fator de coagulação sem que exista doença articular comprovada. A existência de doença articular é avaliada através do exame físico (avaliação física realizada pelo seu médico) e exames de imagem como radiografia, tomografia computorizada e ressonância magnética.

Profilaxia secundária – Consiste na administração continua e regular de concentrado de fator de coagulação após a existência de dois ou mais sangramentos articulares, mas ainda sem doença articular comprovada.

Profilaxia Terciária – Consiste na administração continua e regular de concentrado de fator de coagulação após a existência de doença articular comprovada pelo exame físico e por exames de imagem.

Profilaxia intermitente – Administração de concentrado de fator de coagulação por períodos até quarenta e cinco semanas num ano.

Slide

Em alguns casos, quando existem sangramentos repetidos, particularmente nas articulações, pode ser administrada uma profilaxia de curto-prazo (com duração de quatro a oito semanas), com o objetivo de auxiliar no controlo das hemorragias.

É importante esclarecer que o tratamento profilático não reverte os danos nas articulações causados pelas hemorragias sucessivas. No entanto, diminui consideravelmente a ocorrência de episódios hemorrágicos evitando assim, a progressão dos danos no sistema articular.

Referências bibliográficas

D4, D14

Autenticação

Bem-vindo! Introduza os seus dados para aceder à sua conta.

Lembrar-meRecuperar password?

Recuperar Password

Register